[ editar artigo]

Propulsão Local cria rede de impacto e integra 50 negócios em evento nesta sexta

Propulsão Local cria rede de impacto e integra 50 negócios em evento nesta sexta

Encontro abre a etapa final do projeto, com foco na conexão entre os participantes, oficinas e apresentação dos novos websites

Representantes de cinquenta negócios criativos e sustentáveis de Curitiba e Região Metropolitana, junto com profissionais de comunicação, tecnologia e design, se encontram nessa sexta-feira, 08, n’O Locavorista, às 18h. O evento será uma oportunidade de conexão entre os participantes e faz parte da maratona de 14 dias oferecida pelo Propulsão Local, projeto gratuito para o fortalecimento de empreendimentos locais, criativos e sustentáveis.

Desde o dia 28 de outubro as iniciativas estão passando por um intenso programa de reestruturação e desenvolvimento de soluções, focado em comunicação e tecnologia. Nesse processo atuam 150 profissionais, entre designers, redatores, fotógrafos, vídeo-makers e programadores. Juntos, empreendedores e especialistas, desenvolveram um pacote precioso que têm, entre os produtos, reposicionamento de marca, website, ensaio fotográfico, loja virtual, clipe audiovisual e podcast.

Após doze dias de criação conjunta, inicia o período de encontro e apresentação dos resultados. “O foco, a partir da sexta à noite, nessa atividade de conexão n’O Locavorista, e na programação de sábado e domingo, é em atividades formativas e de fortalecimento desta rede. Realmente a gente está entendendo o Propulsão como uma entrega, mas também como um processo de conexão e fortalecimento desses negócios locais”, explica Rachel Callai Bragatto, jornalista e uma das idealizadoras do projeto.

Dias de conexão

No final de semana, o Propulsão Local terá rodadas de apresentação dos cinquenta sites criados, além de oficinas, rodas de conversa e celebrações. Uma programação para que os empreendedores e profissionais fortaleçam a rede e possam dar continuidade ao que foi criado no percurso.

“Fechando essa maratona de desenvolvimento, nesta semana, a nossa outra grande entrega, além dos produtos desenvolvidos, é a própria rede. A conexão entre esses negócios, a troca entre eles, e a conexão entre os negócios e os profissionais que podem atender e trabalhar para uma melhoria na comunicação dessas iniciativas. Um processo que teve um início com o Propulsão e agora segue com a conexão”, analisa a idealizadora.

A programação de final de semana começa com yoga, no sábado de manhã, e termina com uma grande celebração ao pôr do sol, no domingo, com a presença de amigos e familiares dos participantes. Bem ao estilo do que Bragatto conta que foi o dia-a-dia do Propulsão: “Embora bastante intensivo e exigente em termos de tempo e energia de trabalho, foi também muito leve. As pessoas estavam felizes de estar fazendo parte, a equipe estava trabalhando com muita disposição, encantada pelos projetos que estava conhecendo e os negócios encantados com a equipe de primeira que os atendiam. Então a gente vai celebrar tudo isso”.

Diversidade

Uma das preocupações dos idealizadores foi selecionar entre os 235 inscritos, projetos que representassem da melhor maneira possível a diversidade social da Grande Curitiba. Dos cinquenta negócios contemplados, 54% são liderados por mulheres, 10% por negros e pardos, 16% por LGBTTI, 2% por indígenas, 2% por pessoas com deficiência e 2% por refugiados. Quanto à localização, são sediados em oito cidades da Região Metropolitana e 20 bairros da capital.

Os organizadores entendem que esta representatividade não corresponde ao extrato social, mas a vêm como uma conquista para esta primeira edição. O compromisso pode ser aprimorado na medida em que um público maior seja atingido. “Os dados mostram que tem uma demanda represada muito grande deste tipo de atendimento. Estamos atendendo um quinto daqueles que se inscreveram e suspeitamos que existam muito mais projetos que não souberam da iniciativa. Há uma demanda muito grande por esse tipo de formação e desenvolvimento”, conta Bragatto.

As áreas temáticas contempladas incluem agroecologia urbana, internet das coisas, tecnologia 4.0, moda, objetos de design, artistas e produtores culturais, cosméticos orgânicos, entre outros. A maior parte pertence aos setores de alimentos e bebidas (26%), moda (12%), arquitetura e urbanismo (12%), patrimônio, artes e expressão culturais (12%) e sustentabilidade (8%). 

Confira a lista dos selecionados:

A Ostra Bêbada

Alecrim Urbano

Ambiens Sociedade Cooperativa

Amora Mia Buttons

Amuscária Fungi

AOPA - Associação Paranaense de Agroecologia

Ar Livre - Vivências na Natureza

Aria 41 Arquitetura e Sustentabilidade

Art Alle

Bazar da Aldeia

Bicicletaria Cultural

Bloco Base

Bosque águas claras soluções ambientais

Cacaúba Chocolates

Casa Quatro Ventos - Movimento e Arte

Chácara Aguro

Coalhada Artesanal Preciosa

CSA CEAFIM

Cupido das Finanças

Dança Livre a Dois

Desafinado Café

diznopeito

Ébano Essentials

Eco Angels Educação Sustentável

Escola da Política

Estúdio Yby

Fervol Colagens

Flower Power Artes

Hello Soluções em Lot. e Engenharia

Kria Kombucha

Luan Valloto

Marco Gural - Agroecologia urbana

MATTE N' ROLL

mCmE - minha Causa . meu Estilo

Milho Guerreiro Confecções Ltda

Mucha Tinta Produções Culturais

Oficina de Fine Arts

Padaria Local

Projeto Compostar Curitiba

Raissa Fayet

Rodrigo Zin

Sabiá Laranjeira

Plátano

Sevena Quimonaria

SIAMESE

Seven8

Tüz Cerâmica Criativa

Verdelaranja - hortas urbanas e design

Yasmin Comida Árabe

Zyklus Construções Sustentáveis

Sobre o Propulsão Local

O Propulsão Local é uma iniciativa do Coletivo Soylocoporti e da Rede Livre, em parceria com Lab1299, Instituto LocalBIz, Terraço Verde e uma rede de profissionais, organizações e negócios. Saiba mais em http://propulsaolocal.com.br

Ler conteúdo completo
Indicados para você