[ editar artigo]

Exposição cultural aborda isolamento causado pela pandemia

Exposição cultural aborda isolamento causado pela pandemia

A partir desta sexta-feira (6), a Biblioteca Central da Universidade Positivo (UP) recebe a  exposição “Onde Nascem as Ilhas”, de Leandro Souza. As obras, que já estiveram expostas no espaço, ganharam um novo significado após a pandemia, tendo como tema central o isolamento, refletindo os tempos pandêmicos. “As ilhas são o que precede um começo, uma segunda origem, um lugar de separação. A ilha é apenas a ponta de um iceberg de subsistência e sobrevivência, do todo que somos, formando sua verdadeira essência e individualidade”, explica a arquiteta e artista visual Adelina Nishiyama, curadora da mostra.

Segundo Leandro, o assunto principal da exposição é representado com cenários de cores profundas e uma atmosfera reflexiva. “A estética e a poética estão intimamente ligadas na composição fotográfica acrescida de velatura e camadas de tintas isoladas, sugerindo ilhas, com relevo e sombra”, aponta o artista. A exposição é composta de uma série de fotos em canvas e pinturas sobre tela feitas com tinta acrílica, a maioria com dimensões de 80 cm x 100 cm, e conta com a contribuição estrutural da assistente social Ariane Woehl.

A mostra faz parte das atrações anunciadas pela Biblioteca Central da Universidade Positivo em 2022, ano em que comemora o 20.° aniversário com uma programação especial. A exibição acontece entre os dias 6 de maio e 30 de junho e está aberta ao público, no campus Ecoville, de segunda a sexta-feira, das 8h às 22h e aos sábados, das 8h às 13h.

 

Serviço

Exposição “Onde Nascem as Ilhas”, de Leandro Souza

Local: Biblioteca Central - Universidade Positivo (R. Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 – Ecoville)

Data: a partir de 6 de maio

De segunda a sexta-feira, das 8h às 22h

Sábados, das 8h às 13h

Entrada gratuita

Informações: www.upx.art.br e @upexperiencebr

Amo Curitiba
Ler conteúdo completo
Indicados para você