[ editar artigo]

Estudantes da FAE traçam o perfil do consumidor on-line

Estudantes da FAE traçam o perfil do consumidor on-line

A pesquisa foi realizada com os moradores de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba

Você sabe quais são as compras preferidas dos são-joseenses pela internet? Os alunos de Administração da FAE Centro Universitário, campus São José dos Pinhais, aplicaram uma pesquisa a fim de identificar o perfil do consumidor local e a jornada de compra daqueles que escolhem consumir on-line. As compras preferidas, de acordo com o que a pesquisa apontou, são as roupas, seguidas de eletrônicos e sapatos. A pesquisa foi realizada com mais de 350 pessoas, envolvendo jovens e adultos.

Em março deste ano, a NZN Intelligence publicou uma pesquisa nacional, feita com 3,5 mil pessoas em todo o território nacional, que apontou que 74% dos consumidores já preferem efetuar as compras pela internet. A pesquisa aponta ainda que os eletrônicos, como computadores, tablets e celulares, lideram o ranking da preferência nacional, seguidos dos periféricos desses equipamentos, como games, roupas e acessórios e, depois, viagens e outros produtos e serviços, como passagens e eletrodomésticos, por exemplo.

Perfil

Os compradores de produtos pela internet, em São José dos Pinhais, são, em sua maioria, jovens que têm Ensino Superior incompleto (40,4%) e ganham de R$ 2 a R$ 5 mil mensais (44,5%). Do total de respondentes, mais de 35% afirma já ter comprado mais de 10 vezes pela internet e a mesma porcentagem adquiriu produtos e serviços on-line entre duas e 10 vezes. Ou seja, menos de um terço dos participantes da pesquisa não têm o hábito de comprar pela internet.

Aqueles que ainda não utilizam essa modalidade de compra apontam como um dos principais motivos o medo de ter os dados “roubados” (37,6%), como CPF e/ou senha do cartão de crédito. Outros fatores que, segundo as pessoas ouvidas, desmotivam a compra pela internet são: pagar frete (37,9%) e não poder provar previamente (37,9%). Mas, ainda assim, mesmo que não efetuem as compras virtualmente, confessam buscar informações na internet antes de concretizarem a compra. Mais de 90% dos respondentes da pesquisa procuram mais informações em sites de busca e/ou especializados, bem como nas redes sociais. 

Ler conteúdo completo
Indicados para você