[ editar artigo]

Estudante presta homenagem a Rodrigo Rodrigues durante partida de futebol

Estudante presta homenagem a Rodrigo Rodrigues durante partida de futebol

Jornalista ganhou foto na torcida em jogo entre Coritiba e Cianorte

Estimulado pela notícia do falecimento do jornalista Rodrigo Rodrigues, o estudante Guilherme Salamuni Gonzaga de Oliveira decidiu unir seu time do coração e o jornalista que tanto gostava. Ele aproveitou uma campanha feita pelo clube em que bonecos personalizados são colocados na arquibancada no local em que estariam os torcedores "reais", que não podem frequentar o campo devido ao distanciamento social imposto pela pandemia do novo coronavirus.

Crédito: Coritiba Football Club

A ação ganhou destaque nacional na quarta-feira, 29, durante a partida entre o Coritiba e Cianorte, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR). Guilherme explica que já tinha visto a campanha e tinha intenção de participar, mas a triste notícia o incentivou a fazer a homenagem. “Eu costumo usar avatares diferentes nas aulas remotas. Já fui David Bowie, Roger Waters e outros ídolos, então quando vi a ação do Coritiba foi natural querer fazer a homenagem ao jornalista esportivo”.

Oliveira está na 3ª série do Ensino Médio no Colégio Marista Anjo da Guarda, em Curitiba (PR), e revela que tinha muitas coisas em comum com o jornalista. “Eu admirava muito seu trabalho, sua dedicação e também gosto de futebol, rock e taé dos guias de viagem que ele fez”, comenta. O jornalismo inclusive está em suas opções de carreira para o futuro. “Ainda não decidi, mas o jornalismo e o esporte são área que me atraem, podem ser que seja um caminho a seguir”, comenta o torcedor alviverde.

Além da homenagem no estádio, o estudante também fez um poema dedicado ao jornalista:

 

A Rodrigo Rodrigues

Ele descia

Num trem desaparecia

Bares sem boemia

Ao seu jeito se aprazia

Agitava, produzia

Dedilhava alegria

 

Ele sorria

Fingia que não entendia;

Mas sabia

O bate-bola como quem acaricia

E o placar embevecia

Em pinturas de placa que tingia

 

Ele escrevia

Histórias e resenha, que folia

Filmes que sentia

Nas trilhas que seguia

Os campos conhecia

E na troca de passes, ria

Da orquestra que regia

Com maestria

 

Ele subia

As escadas do céu

Ah, ele sumia

Tocava as portas do céu

Ah, ele batia

Pro lado escuro da Lua

Ah, ele corria

 

E quando lá chegou

Feito um diamante

Ah, ele luzia

 

Sobre a Rede Marista de Colégios: A Rede Marista de Colégios (RMC) está presente no Distrito Federal, Goiás, Paraná, Santa Catarina e São Paulo com 18 unidades. Nelas, os mais de 25 mil alunos recebem formação integral, composta pela tradição dos valores Maristas e pela excelência acadêmica. Por meio de propostas pedagógicas diferenciadas, crianças e jovens desenvolvem conhecimento, pensamento crítico, autonomia e se tornam mais preparados para viver em uma sociedade em constante transformação. Saiba mais em www.colegiosmaristas.com.br.

 

Amo Curitiba
Ler matéria completa
Indicados para você