[ editar artigo]

Colorfix conta com 59% de gestoras mulheres

Colorfix conta com 59% de gestoras mulheres

Empresa incentiva o público feminino a desempenhar novas funções. Até 2019, por exemplo, não havia mulheres em áreas como a Extrusão

Um dos importantes fatores para se atingir o bem-estar em uma sociedade é o desenvolvimento econômico do país. E dia após dia, ano após ano, a presença feminina no mercado de trabalho brasileiro vem contribuindo para esse cenário positivo. Segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), a projeção é que mulheres empregadas no Brasil atinjam 64,3% até 2030.

Um crescimento significativo, o qual a empresa paranaense, do ramo da transformação do plástico, Colorfix Masterbatches já vem observando nos últimos anos.

Até 2019, por exemplo, não havia mulheres em áreas como a Extrusão. Recentemente, o volume de colaboradoras nas áreas de gestão e produtivas têm crescido. Sandra Regina Ramos Lemes de Souza, 38 anos, até entrar na empresa atuava como doméstica. Mandou currículo para Auxiliar de Extrusão. Há um ano e três meses na empresa já conquistou o cargo de Operadora de Máquina Extrusora.

“Sou muito grata, pois a empresa apostou e acreditou em mim. Eles me proporcionaram um curso e cada vez mais estou me capacitando para a função. No começo tive minhas dificuldades, mas hoje já aprendi muito. Não é uma função que necessite de força, mas sim de algumas habilidades como desempenhar várias funções ao mesmo tempo, ter calma, paciência e atenção”, conta a colaboradora.

Para a gerente de Operações, Edileusa Popoliski, essa ideia de abrir espaço para as mulheres na Extrusão foi uma das alternativas encontradas para evitar falhas/quebras nos equipamentos, uma decisão que segundo ela vem dando muito certo.

“Temos máquinas extrusoras que são de pequeno porte e mais sensíveis na operacionalização. Com a entrada das mulheres no setor conseguimos atingir o nosso objetivo: diminuímos as quebras, além de abrir novos espaços profissionais para elas, que desempenham a atividade com excelência”, destaca a gerente.

De acordo com ela, além da Extrusão, as mulheres também estão presentes no Laboratório de Controle de Qualidade, na Manutenção e na Segurança do Trabalho. Hoje, 59% da área de gestores são mulheres e na fábrica como um todo, 29% é do público feminino.

“Temos uma preocupação constante em trazer cada vez mais mulheres para nossa equipe, pois elas são indispensáveis”, afirma o diretor superintendente Francielo Fardo, que ressalta: “na empresa é tangível o trabalho destas mulheres que desbravam o desconhecido, conquistam e assumem posições de liderança. E ainda nos agraciam com toda a delicadeza, conhecimento, cuidado e comando que é natural das mulheres”.

Sobre a Colorfix

A Colorfix Masterbatches, desde 1990, trabalha na inovação e no desenvolvimento de concentrados de cor e/ou aditivos, que promovem a melhoria tanto de produtos quanto de processos dos clientes. Com a matriz localizada em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, no Paraná, a companhia conta ainda com unidades em São Caetano do Sul (São Paulo) e Jaboatão dos Guararapes (Pernambuco). A equipe técnica é formada por engenheiros e químicos que unem a formação intelectual à experiência no setor. Além disso, esses profissionais participam, constantemente, de atualizações e feiras nacionais e internacionais. Por estes motivos, a equipe Colorfix está capacitada a entender a necessidade do mercado e desenvolver produtos viáveis e de alta qualidade, fornecendo uma verdadeira consultoria técnica-comercial.

Amo Curitiba
Ler conteúdo completo
Indicados para você