[ editar artigo]

Campanhas do agasalho tentam minimizar impacto do frio e da pandemia em Curitiba

Campanhas do agasalho tentam minimizar impacto do frio e da pandemia em Curitiba

Iniciativa solidária do Instituto A.Yoshii acontece até 30 de julho

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de pessoas que vivem com renda mensal de até R$ 145 no Paraná dobrou de 2013 a 2018, retratando o aumento na diferença de renda entre os cidadãos do estado. Com a disseminação da Covid-19 e a crise econômica, a desigualdade social aumentou ainda mais.

Com a chegada do inverno e temperaturas baixas, a preocupação com pessoas em situação de vulnerabilidade social também cresceu. Iniciativas como a campanha do agasalho do Instituto A.Yoshii, entidade pertencente ao Grupo A.Yoshii, que promove ações visando contribuir com a sociedade, surgem com o propósito de minimizar a desigualdade social no estado. 

A campanha de arrecadação de inverno teve início em junho e mais de 3.500 peças já foram destinadas a entidades de apoio em Londrina e Maringá, cidades onde o Grupo A.Yoshii também está presente. Em Curitiba, a arrecadação será destinada à Fundação Social (FAS) e a população pode contribuir com a campanha por meio de doações de roupas, cobertores e calçados. Os pontos de coleta estão localizados no showroom da construtora, no Batel, e nas unidades do salão de beleza Torriton Presidente Taunay, Torriton Men e Torriton Sete de Setembro. As doações podem ser entregues até o dia 30 de julho.

O Grupo A.Yoshii também apoia a campanha do agasalho do Shopping Pátio Batel em Curitiba. As doações podem ser feitas no ponto de arrecadação, na loja ao lado da Bacio di Latte, no piso L3. A campanha do shopping acontece até 17 de agosto. 

“Queremos contribuir com a comunidade arrecadando o máximo de peças de inverno para tentar reduzir esse impacto das temperaturas baixas, evitando assim o impacto das doenças respiratórias, como pneumonia, gripes e resfriados. Mas só conseguiremos cumprir esse objetivo com o auxílio dos curitibanos”, comenta a presidente do Instituto A.Yoshii, Simoni Bianchi.

Preocupados com a propagação do novo coronavírus, a construtora orienta que doadores façam o repasse dos itens já higienizados. Contudo, para garantir a segurança de todos, as doações somente serão manuseadas após cinco dias do recebimento. 

 

Grupo A.Yoshii

Fundado em 1965, o Grupo A.Yoshii já construiu mais de 2 milhões de m² do Sul ao Nordeste do Brasil, entre obras industriais, edifícios corporativos e residenciais, escolas, universidades, teatros e centros esportivos. É composto pela A.Yoshii Engenharia, com sólida atuação em construções de edifícios residenciais e comerciais de alto padrão em Londrina, Maringá, Curitiba e Campinas; pela Yticon Construção e Incorporação, que realiza empreendimentos econômicos, localizados em regiões de potencial valorização em municípios do Paraná e interior de São Paulo; pelo Instituto A.Yoshii, voltado para a inserção social e a democratização cultural; e atua em Obras Corporativas, atendendo a grandes corporações em suas plantas industriais, nos mais variados segmentos da economia, como papel e celulose, alimentício, químico, agronegócio, energia, assim como usinas sucroalcooleiras, centros logísticos, plantas automobilísticas, entre outros. Mais informações: www.ayoshii.com.br

Amo Curitiba
Ler matéria completa
Indicados para você