[ editar artigo]

“Autobiografia de Todas Nós” lança site com mapeamento de mulheres que trabalham com iluminação cênica

“Autobiografia de Todas Nós” lança site com mapeamento de mulheres que trabalham com iluminação cênica

Em um mercado predominantemente masculino, os desafios e conquistas das mulheres iluminadoras, docentes e técnicas de luz na cidade de Curitiba são muitos, e o projeto se propõe a dialogar sobre essa realidade

O isolamento da pandemia e a pausa forçada no trabalho de iluminação teatral, fez as artistas Nadja Naira e Gabriela Valcanaia refletirem sobre os rostos e vozes invisíveis de mulheres dentro da cadeia produtiva do teatro, e desenharem o projeto “Autobiografia de Todas Nós”, que, apoiado pela Lei Aldir Blanc através da Fundação Cultural de Curitiba, nasce agora de forma remota, no pior momento da pandemia em Curitiba. O projeto gera renda para 16 mulheres trabalhadoras da cultura que construíram toda a iniciativa.

O projeto é composto por um mapeamento virtual de profissionais mulheres da luz de Curitiba e região, um mini documentário, um ensaio, e duas rodas de conversa sobre o que é ser mulher trabalhadora da luz. O site www.todasnos.art já está no ar e, por lá, é possível conhecer a história de cerca de 25 mulheres que trabalham com iluminação cênica em Curitiba e região, além de possibilitar o registro de novas profissionais de forma ininterrupta. O mini documentário “Depois de Nós”, de Nadja Naira, Nina Rosa Sá, Carol Winter e Érica Silva também já está na plataforma, assim como o ensaio “A história de quem agiu no breu”, escrito por Gabriela Valcanaia.

O mini documentário é construído a partir de conversas com as iluminadoras Nadja Naira, Nadia Luciani, Semy Monastier, Lucri Reggiani, Fábia Regina e Gabriela Valcanaia, e ilustrado por imagens das profissionais no dia-a-dia do fazer teatral com iluminação. Quando tudo começou? Quais foram os desafios? O que é ser uma mulher iluminadora? Esses são alguns dos questionamentos trazidos pelo doc, que se propõe a contar histórias, registrar memórias e pensar como ser mulher hoje e projetar um futuro possível. Há pouquíssimo registro do trabalho das mulheres da luz em Curitiba e o projeto se dispõe a dar esse pontapé inicial. O documentário foi gravado em janeiro de 2021 sob todos os protocolos de segurança necessários para evitar a propagação da Covid-19.

Partindo da vivência e memórias pessoais como artista e iluminadora, Gabriela Valcanaia faz uma reflexão mais abrangente no ensaio textual: “A história de quem agiu no breu”, onde ela expande o diálogo sobre como a trajetória das mulheres foi retratada ao longo de milhares de anos de humanidade sob um regime patriarcal, e as consequências desse apagamento histórico para as profissionais mulheres e artistas contemporâneas.

Além do site, do ensaio e mini-doc, a equipe preparou duas Rodas de Conversa sobre como começar na iluminação cênica e sobre o trabalho dobrado de ser mulher na luz, que contarão com janela de Libras para garantir a acessibilidade da comunidade surda,  e acontecerão gratuitamente via Sympla Zoom nos dias 17 e 18 de março às 20h.

Sobre a iniciativa, Nadja Naira, idealizadora do projeto, afirma: “Esse projeto é um lugar de reconhecimento, fortalecimento e possibilidades de criar novas formas de trabalhar em nossa profissão”. Para Gabriela Valcanaia, o projeto é uma oportunidade de contribuir para a reconstrução do passado a partir das mulheres: "Eu quero que construamos uma nova memória e que essa possa nos dar a autoestima histórica necessária para que percebamos que não estamos desbravando ambientes masculinos, mas que estamos re-conquistando um espaço que foi criado por nossas ancestrais.".

Todas as ações do projeto estão sendo divulgadas em parcerias com o coletivo “Mulheres na Luz”, do Instagram @mulheres_na_luz, criado por Lua de Melo Franco, Ligia Chaim e Aline Rodrigues, a página traz infos e discussões sobre iluminadoras cênicas de todo o Brasil.

SERVIÇO
- Site do projeto: www.todasnos.art
- Informações pelo Instagram: @mulheres_na_luz - https://instagram.com/mulheres_na_luz
- Inscrição gratuita para as Rodas de Conversa: https://www.sympla.com.br/produtor/autobiografiadetodasnos?tab=proximos-eventos 

SOBRE NADJA NAIRA
Nadja Naira trabalha há mais de 25 anos no teatro, como iluminadora, diretora e atriz. Mora em Curitiba, mas mantém parcerias artísticas em todo o país. Tem muitas criações premiadas e trabalha com importantes diretores e grupos de teatro como Marcio Abreu, Grace Passô, o Grupo Galpão (BH), A Armadilha Cia de Teatro, Companhia Ilimitada e Teatro de Breque (Curitiba). Colabora também com companhias de dança e performance, e com diversos grupos de música. Integra a companhia brasileira de teatro desde 2002, tendo participado de todas as suas produções. Opta por trabalhos colaborativos de pesquisa em teatro, e tem investigado o blecaute como elemento performativo.

SOBRE GABRIELA VALCANAIA
Gabriela Valcanaia atua profissionalmente como Diretora Teatral, Iluminadora, Arte Educadora. É discente do último ano do curso de Licenciatura em Teatro da Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR) e Bacharel em Artes Cênicas pela mesma instituição, com interesse nas áreas de Teatro para Crianças e  Mediação Teatral. Fundadora do Grupo de Pesquisa em Teatro para Infância, onde desenvolve trabalhos colaborativos para investigar a arte contemporânea para crianças. Participa como colaboradora de Nadia Luciani no LABIC - Laboratório de Iluminação Cênica da UNESPAR. 

FICHA TÉCNICA
Nadia Luciani - iluminadora convidada
Lucri Reggiani - iluminadora convidada
Semy Monastier - iluminadora convidada
Fábia Regina - iluminadora convidada
Nadja Naira - proponente e coordenadora do projeto
Gabriela Valcanaia - coordenadora do projeto e autora do ensaio “a história de quem agiu no breu”
Janaína Micheluzzi - produtora
Nina Rosa Sá - roteirista do minidoc “depois de nós”
Carol Winter - diretora de vídeo e montadora do minidoc “depois de nós”
Erica Silva - compositora de trilha e editora de áudio do minidoc “depois de nós”
Marcela Mancino - programadora website
Mical Kairós - designer gráfica
Talita Sharon - tradutora de Libras
Milena Sugiyama - pesquisadora de mapeamento
Luísa Bonin - assessora de imprensa e mídias sociais - Platea Comunicação e Arte
Thays Cristine - assessora de imprensa e mídias sociais - Platea Comunicação e Arte

Projeto realizado com recursos da Lei Aldir Blanc Edital 038/2020 Modalidade 2 -  Programa de Apoio e Incentivo à Cultura - Fundação Cultural de Curitiba, da Prefeitura Municipal de Curitiba e do Ministério do Turismo.

 

Assessoria de Imprensa
Luísa Bonin e Thays Cristine
Platea Comunicação e Arte
platea.comunicacao@gmail.com 
11 95457-7887 e 41 99907-9648

Ler conteúdo completo
Indicados para você